Como escolher uma ferramenta para realizar cálculos judiciais

Como escolher uma ferramenta para cálculos judiciais: 6 fatores para avaliar

A necessidade de encontrar uma solução para a alta demanda de cálculos judiciais do escritório é algo que preocupa muitos advogados e contadores. Afinal, é um trabalho de alta complexidade, que envolve diferentes cálculos, análises financeiras, aplicações de juros, pesquisa de índices econômicos e mais uma infinidade de tarefas.

A resposta para essa dificuldade está na otimização desse serviço por meio de uma ferramenta que se encarregue de toda complexidade do trabalho.

Mas, como escolher uma ferramenta para cálculos judiciais? O que ela precisa ter para solucionar seus problemas? Quais fatores são importantes avaliar antes de fazer essa escolha?

São essas respostas que você vai encontrar no artigo abaixo.

Boa leitura!

O que avaliar ao escolher uma ferramenta de cálculos judiciais

Para escolher uma boa ferramenta de cálculos judiciais, é importante avaliar alguns fatores, que são indispensáveis para que o serviço oferecido seja completo e atenda às suas necessidades.

Aqui estão 6 pontos que precisam ser observados:

1. Ferramentas com dados confiáveis

Uma boa ferramenta de cálculos judiciais deve disponibilizar dados confiáveis e sempre atualizados para execução dos processos. Afinal, esse tipo de cálculo é complexo, extenso e utiliza uma grande quantidade de informação para ser elaborado.

Além disso, muitos dos dados aplicados nos cálculos são retroativos. Isso significa que a ferramenta deve dispor de informações importantes, como:

  • Atualizações monetárias: ajustes financeiros anuais, feitos com base em diferentes indexadores, como taxas de juros bancárias e índice de inflação.
  • Expurgos inflacionários:  É a não aplicação – ou a aplicação incorreta – dos índices de inflação de um determinado período. No Brasil, os episódios mais importantes de expurgo inflacionário foram o Plano Bresser (junho de 1987), o Plano Verão (janeiro de 1989) e o Plano Collor (1990/1991).
  • Aplicações corretas de juros: Antes de 10/01/2013, os juros monetários aplicados não podiam ser maiores que 0,5% ao mês. Após esse período, a porcentagem máxima passou a ser de 1% ao mês.

A demanda de cálculos judiciais está alta no seu escritório? Saiba como resolver no artigo abaixo:

Alta demanda de cálculos judiciais: veja aqui como resolver!

2. Atualizações constantes

Muitos cálculos judiciais necessitam de atualizações constantes, que utilizam como base índices econômicos, como o IGPM, INPC, IPCA, IPCA-e, INCC, Selic, TR, entre outros. Esses índices mudam frequentemente e necessitam ser revistos continuamente, a fim de garantir a correção dos cálculos.

Um software de cálculo de qualidade deve suprir essas atualizações de forma exata.

Também é importante que ele forneça tabelas de correção monetária de todos os tribunais estaduais, da Fazenda Pública e da Justiça Federal.

3. Ferramenta de fácil usabilidade

O principal objetivo de um escritório, ao obter uma ferramenta de cálculo judicial, é trazer facilidade, otimização do trabalho e produtividade para toda a equipe.

Para alcançar esses objetivos, a ferramenta escolhida deve ser simples de usar e autoexplicativa. Um software que ajude (e não atrapalhe) deve fazer com que o profissional apenas preencha os dados essenciais do cliente e então a própria ferramenta se encarrega de aplicar juros e correções.

Afinal, de nada adianta os usuários terem facilidade para fazer os cálculos, mas perderem um tempo precioso tentando aprender a usar o software.

Está em dúvida entre planilhas encontradas na internet e um software de cálculos judiciais? Quer saber as vantagens e desvantagens de cada um? Leia o artigo:

Planilha ou software de cálculo judicial: qual a melhor opção?

4. Suporte técnico especializado

Uma boa ferramenta de cálculos deve disponibilizar para seus clientes um suporte técnico especializado, composto por profissionais que entendam do assunto e estejam aptos a responder qualquer dúvida que possa surgir, de modo rápido e eficaz, tanto sobre a própria ferramenta quanto sobre os cálculos.

Mais do que fornecer simplesmente uma ferramenta, a empresa prestadora do serviço precisa atuar como uma verdadeira parceira do seu escritório, prestando a consultoria que sua equipe precisa.

Quer descobrir formas que agilizem a realização de cálculos judiciais em seu escritório? Então confira este artigo:

Cálculos judiciais: saiba como fazer de forma simples e rápida!

5. Fornece parecer técnico, assinado por perito

Para obter sucesso em uma ação que envolve a apresentação de cálculos judiciais, é necessário que os pedidos apresentados à Justiça sejam claros, precisos e tecnicamente balizados.

A ferramenta escolhida pelo escritório precisa oferecer um parecer técnico completo, que tenha a assinatura de um perito contábil, pois o processo que envolve cálculos judiciais possui essa exigência.

Lembrando que o perito é o profissional responsável por analisar e validar laudos técnicos periciais, devendo ser graduado em Ciências Contábeis, com registro no CRC (Conselho Regional de Contabilidade) e larga experiência na área.

Na SOS Cálculos, a depender da sua necessidade, os cálculos saem prontos para serem utilizados no Judiciário, respeitando todos os requisitos legais e com parecer técnico assinado por perito, o que traz segurança para seus cálculos judiciais.

6. Os cálculos disponíveis na nuvem

Para otimização do trabalho e maior segurança das informações, é importante que a ferramenta utilizada disponibilize seus cálculos na nuvem.

Dessa forma, é possível consultar os dados do cliente a qualquer momento ou conseguir editar os cálculos de qualquer lugar. Essa é uma vantagem muito importante para todos os profissionais. 

Além disso, caso algo aconteça com os dados em seu computador, é simples e fácil conseguir recuperá-los.

Com essas informações armazenadas em servidores remotos, é possível trabalhar de casa, do escritório ou do local que for mais conveniente no momento.

SOS Cálculos: melhor escolha de ferramenta para cálculos judiciais!

Como pudemos ver no artigo, é preciso avaliar alguns quesitos antes de escolher uma ferramenta para cálculos judiciais no seu escritório. Ela precisar ser completa e com qualidade para evitar erros nos cálculos e melhorar a produtividade de toda equipe.

E, nesse caso, a SOS Cálculos é, com toda a certeza, o melhor sistema para lidar com as necessidades e demandas de cálculos judiciais do seu escritório. A ferramenta que disponibilizamos aos nossos clientes possui importantes diferenciais, como:

  • Cálculo completo – Os cálculos judiciais que oferecemos aos nossos clientes são completos, seguem todos os requisitos legais e de jurisprudência e já saem prontos para serem apresentados ao Judiciário.
  • Tudo na nuvem – Nossa ferramenta é 100% online. Significa que seus dados são armazenados em nuvem, e você pode preencher, consultar ou editar seus cálculos a qualquer dia da semana, 24 horas por dia e de qualquer lugar.
  • Suporte especializado – O sistema SOS Cálculos foi desenvolvido por uma equipe de colaboradores altamente qualificados e experientes, que está pronta para esclarecer qualquer dúvida sobre a ferramenta.
  • Parecer técnico assinado por perito – Todos os cálculos fornecidos pela equipe da SOS Cálculos são acompanhados por parecer técnico assinado por perito. Isso traz ainda mais segurança para seus cálculos.

Além de todas essas vantagens, a SOS Cálculos oferece também assessoria jurídica para revisão e negociação de dívidas, ajuizamento de ações, contestações, embargos, recursos, execução de sentenças e demais procedimentos.

Já tem os lançamentos digitados em uma planilha? Não se preocupe, nossa ferramenta importa para você!

Clique no botão abaixo e solicite o seu cálculo:

Quer realizar os cálculos você mesmo através de nossa ferramenta? Faça seu cadastro!

Deixe uma resposta